sexta-feira, 27 de março de 2009

Páscoa




Hoje, comemorámos a Páscoa na nossa Sala, com a elaboração de presentes e cartões, de lanche e de jogos.


Foi muito divertido e vão saber mesmo bem estas férias, porque estamos muito cansados!









A todos os que nos seguem,
umas Boas Férias (se este for o caso)
e uma Páscoa muito feliz,
carregada de coisas bem docinhas.

Caderno dos Gatos

História



Um passarinho estava a brincar com os seus amigos e ele caiu da árvore.


A menina estava ao pé da árvore, viu o passarinho caído e levou para casa.


Ele aleijou-se na perna e ela disse-lhe:


- Eu não te faço mal! - E cuidou da perna. - Não doeu nada!


Ele ficou bom e voltou para junto dos seus amigos. E assim ficaram felizes.




Isabel Panita



Lengalenga




O Cãozinho e o Gatinho



O Cãozinho bonitinho,


Que brincava com o Gatinho.


O Gatinho não gostou e miou,


O Gatinho disse à dona.


O Cão ficou tristinho,


Porque a dona o castigou.




Ismaëla Menezes

Caderno dos Gatos

Adivinha



Como se chama a um cachorro bebé com muita febre?





Gonçalo Silva



Lengalenga




Numa rua de Odivelas há um Mosteiro


No Mosteiro há uma Escola


Na Escola há alunos


Nos alunos há livros


Nos livros há palavras


Nas palavras há letras


Nas letras há sons


Nos sons há música


Na música há ritmo


No ritmo há dança


Na dança há pessoas


Nas pessoas há cabelo


No cabelo há missangas


Nas missangas há cores


Nas cores há desenhos


Nos desenhos há imagens


Nas imagens há alegria


A alegria está na nossa sala


Vamos todos preservá-la.




Texto Colectivo


Turma dos Gatos


terça-feira, 24 de março de 2009

Dia do Estudante




Hoje comemoramos na nossa sala o Dia do Estudante com um lanche e a professora ofereceu-nos uma lembrancinha, para estarmos um pouco mais motivados, pelo menos até ao final deste período.


Neste momento já nos encontramos muito cansados e desejosos de férias. E vocês?

Projecto "Educar para a Cidadania"



Hoje foi o dia da 5ª sessão do projecto.



O nome do jogo é "Novo Jogo das Cadeiras" e realiza-se da seguinte maneira:



"À semelhança do jogo tradicional, dispõem-se algumas cadeiras em roda existindo, no início, uma cadeira a menos do que o número de participantes. O novo jogo distingue-se por uma regra essencial: a finalidade deixa de ser individual para se tornar colectiva. Isto é, se algum aluno fica de fora (ou seja, se não consegue sentar-se) todos perdem. Então, para ganhar, o grupo deve procurar meios criativos para que todos se possam sentar. Sempre que a música pára uma cadeira é, como manda a tradição, retirada."



Este jogo tem como objectivos: "Desenvolvimento das noções de cooperação e colaboração. Compreensão do impacto que temos nos outros, isto é, da forma como cada atitude tomada influencia e contagia o grupo (a comunidade)."



segunda-feira, 23 de março de 2009

Caderno dos Gatos



Adivinhas




Qual a coisa, qual é ela que canta, mas não é pássaro, tem quartos e não é casa, tem meias, mas não tem pés?





Qual é o bichinho que tem patinhas na cabeça?



Catarina Nunes




Lengalenga




O porquinho foi à feira



sem ter nada para comprar.



Comprou uma cadeirinha,



para a irmã se sentar.



A irmã se sentou,



a cadeira rebentou,



o porquinho ficou triste



com o dinheiro que gastou.

Francisco Maximiano











Dia Mundial da Árvore




No dia 21 de Março, a Associação de Pais organizou actividades para a comemoração do Dia Mundial da Árvore.
As crianças poderam participar em diversos ateliers.
No final, e com a ajuda dos Pais e Professores, os alunos plantaram a sua planta.
Agora só temos de preservar os nossos espaços verdes que estão tão bonitos.
Contamos contigo!

Atelier sobre o Dia da Floresta

Visita à Escola Agrícola da Paiã

Dia do Pai

sábado, 14 de março de 2009

Projecto "Educar para a Cidadania"



Esta foi a terceira sessão que nós tivemos, deste projecto promovido pelo Banco Alimentar.


Nesta sessão aprendemos que não devemos ser mentirosos.


Na primeira sessão aprendemos que todos nós temos coisas boas e que só precisamos ter um pouco de atenção para as encontrarmos.


Na segunda sessão aprendemos que antes de dizermos ou fazermos qualquer coisa devemos pensar nas consequências.


Todos estes temas foram abordados atravês de jogos, para mais facilmente adquirirmos as mensagens que nos são transmitidas.


As sessões têm corrido muito bem e ainda nos faltam mais três sessões para o projecto terminar.


Tem sido muito divertido!


Hora do conto - A Rainha das Borboletas

Mais uma história que fomos contar aos nossos amigos da Sala 1 do JI. Foi a história da "Rainha das Borboletas e quem a contou foi a Catarina.
A Rainha das borboletas

Era uma vez uma borboleta muito, muito bonita. As suas asas tinham mil cores e ao voar deixavam um rasto brilhante de pózinhos de perlimpimpim.A Borboleta de Mil Cores era mágica.
Todas as manhãs esvoaçava sobre um enorme jardim florido e cobria as flores de pó brilhante. Ao reflectir a luz do Sol, os pózinhos de perlimpimpim transformavam-se em pequenas gotas de orvalho.
E assim, a Borboleta de Mil Cores acordava as flores e refrescava-lhes as pétalas, que ganhavam cores mais vivas e elegantes.
Um dia, quando o Sol anda dormia tapado com a sua manta de horizonte, a Borboleta de Mil Cores viu uma luz ao fundo do jardim. Era uma luz cintilante e quente, e parecia uma pequena estrela no meio das flores.Com cuidado para não acordar as flores, a borboleta esvoaçou silenciosamente na direcção da luz.Ao aproximar-se percebeu que a luz vinha das pétalas de uma flor prateada, ainda em botão.
A Borboleta de Mil Cores ficou muito curiosa pois nunca tinha visto uma flor igual, e decidiu voar até ao horizonte para acordar o Sol. Voou velozmente, deixando um rasto brilhante no céu.Quando chegou ao horizonte, a borboleta chamou bem alto pelo Sol. O Sol espreitou, ensonado, e, espreguiçando os seus raios alaranjados, vestiu-se de calor.«Sol, ilumina a nova flor prateada do jardim!» pediu a borboleta.E o Sol clareou o dia, esticando um raio na direcção do jardim. Ternamente, acariciou a corola brilhante e o pequeno botão prateado acordou, abrindo as suas pétalas.
A Borboleta de Mil Cores ficou encantada. A nova flor tinha enormes pétalas de fino recorte, decoradas com motivos de ouro. Os seus grãos de pólen pareciam minúsculos diamantes.
Atraída pela beleza e brilho mágico, a borboleta poisou na flor prateada.
Mas assim que tocou com as suas pequenas patinha no pólen da flor, as enormes pétalas fecharam-se, engolindo a borboleta!
E durante dias a Borboleta de Mil Cores não foi vista. Todas as manhãs as flores esperavam pelo seu alegre bater de asas, mas dele não havia sinal. E as flores começaram a perder as cores e a murchar sem o orvalho mágico da borboleta.Até que um dia as belas pétalas da flor prateada voltaram a abrir. De dentro da flor saiu a Borboleta de Mil Cores, num bater de asas rápido. Estava mais brilhante e esbelta, e tinha na cabeça uma maravilhosa coroa cravejada com mil pedras preciosas. Tinha-se transformado na Rainha das Borboletas.
E ao ver o jardim tão murcho e seco, a Rainha das borboletas comoveu-se. Pegou na sua coroa e semeou as suas mil pedras preciosas.
Passado pouco tempo, com a ajuda do Sol, nasceram mil flores de pétalas cor de cristal.
A Rainha das borboletas voou sobre as flores, espalhando finos pós de perlimpimpim prateados e as mil flores abriram-se, libertando mil borboletas de asas transparentes.
E, a partir desse dia, todos os jardins do mundo passaram a ser banhados com pózinhos de borboleta, e as flores tornaram-se mais belas e coloridas.

domingo, 8 de março de 2009

Profissões - Antropólogo




Na 5ªfeira, dia 5 de Março, foi a vez do irmão da Patrícia vir à nossa sala falar sobre o curso que tirou: Antropólogo.

Aprendemos que a antropologia tem várias vertentes: política, desportiva, genética, cultural, forense...
Falou-nos um pouco de cada uma delas e disse-nos que uma das suas preferidas é a desportiva e que foi sobre ela que fez um trabalho relativo ao Sport Lisboa Benfica.

Também falou que existem vários tipos de pesquisas e de observações, visto que a antropologia se baseia no estudo e observação do homem nas suas diversas vertentes e características.
Foi uma tarde bastante divertida e com a qual aprendemos bastante.

sábado, 7 de março de 2009

8 de Março - Dia da Mulher


Somos o sexo belo.

Não precisamos usar gravatas.

Sentar de pernas cruzadas não dói.

Se resolvermos exercer profissões predominantes masculinas, somos pioneiras, eles bichas.

Nossa inteligência é compatível com a de qualquer homem, mas nossa aparência é melhor.

Se matarmos alguém, e provarmos que foi na TPM, é atenuante.

Nosso cérebro dá conta do mesmo serviço, mesmo com 6 biliões de neurónios a menos.

Somos capazes de prestar atenção em várias coisas ao mesmo tempo.

Sempre sabemos onde estão as meias.
Se casarmos com o herdeiro do trono, seremos rainhas.

Somos nós que somos carregadas na noite de núpcias.

Somos nós que decidimos quanto à reprodução.

Sentimos o bebé mexendo.

Amamentamos.

Temos 5 meses de licença maternidade.

Sempre estamos presentes no nascimento dos filhos.

Somos a estrela no casamento.
Alguém já ouviu falar em "muso" inspirador?

Vivemos mais.

Somos mais resistentes à dor e às infecções.

Podemos dormir com uma amiga sem ser chamada de lésbica.

Namorado de amiga nossa para nós, é homem.

Não investigamos barulhos suspeitos à noite.

Somos mais sensíveis.

Temos um dia internacional.

E por último, fazemos tudo que um homem faz, e de salto alto!

MARAVILHA!!!

Feliz dia Internacional da Mulher!

Profissões - Assistente Administrativo Especialista

No passado dia 3, o pai da Patrícia veio à nossa sala, falar um pouco sobre a sua profissão.
Ficámos a saber que trabalha na Maternidade Alfredo da Costa e que o seu trabalho consiste em fazer as inscrições das mulheres, de tratar dos processos das mesmas e de dar informações aos familiares, entre outras coisas.


Gabinete onde trabalha

Também ficámos a saber alguma da história da Maternidade: em que ano foi construída, quem é que teve a ideia de a mandar construir - o Dr. Alfredo da Costa e quanto tempo demorou a ficar pronta.


Dr. Alfredo da Costa


Vimos fotografias da Maternidade - na altura em que foi construída e actualmente, vimos fotografias e filmes de ecografias e ainda vimos um filme de um parto.






Maternidade quando foi construída e na actualidade

Também ficámos a saber algumas coisas sobre a reprodução.
Foi uma aula muito gira, na qual participámos com muito entusiasmo.

Visita ao Regimento de Cavalaria

video

segunda-feira, 2 de março de 2009

Caderno dos Gatos





Vivem em nove belas Ilhas no meio do Oceano Atlântico.
Dizem ser o centro do Mundo, os últimos picos da Atlântida - O continente perdido, a terra de Neptuno.
Falam de forma diferente.
Cozinham a comida em buracos na terra, com o calor dos vulcões.
Fazem jogos com touros e perdem quase sempre.
Nadam com golfinhos.
Mergulham com baleias que antes caçavam em pequenos barcos e depois gravavam-lhes os dentes.
Há 500 anos que resistem a tremores de terra, tempestades com ventos de 250 Km por hora, a ondas do mar com 20m.
Pescam os maiores peixes do Mundo - espadartes e atuns.
Dividem terrenos com flores, principalmente hortências.
Criam vacas e chamam-nas pelo nome próprio.
Comem comida temperada com especiarias das Índias, Áfricas e Américas.
Festejam o "Espírito Santo", que dizem ser o seu "Senhor".
Usam uma ave - Milhafre - como seu símbolo, mas chamam-se Açorianos.

São uns estranhos e simpáticos loucos!

Beatriz Simões


Adivinhas


Qual é a coisa qual é ela que dá um pulo e se veste de noiva?




Qual é a coisa qual é ela que está no meio do ovo?


Bibiana Farinha

domingo, 1 de março de 2009

Para reflectir...


Papá, mamã:
Apertem a minha mão com segurança, enquanto ela cabe nas vossas mãos...
Envolvam-me nos vossos braços, enquanto meu corpo frágil ainda pode ser envolvido por eles.
Ouçam-me com atenção, enquanto estou perto de vocês e podem ouvir-me...
Sorriam comigo, enquanto estamos juntos e os sons de nossos risos se confundem...
Consolem-me quando eu chorar, enquanto podem enxugar as minhas lágrimas...
Acompanhem-me no meu dormir, enquanto sou pequeno e temo a noite...
Ensinem-me e corrijam-me quando necessário, enquanto estou a crescer e aprendendo com facilidade...
Enfim, papá, mamã, encontrem-me no meu mundo de criança, enquanto vocês podem achar-me...

Profissões - Desenhador Gráfico

Na passada Quinta-feira, o Sr. Pedro Farinha, pai da Bibiana, veio à nossa sala falar um pouco sobre a sua profissão: Desenhador Gráfico.


Trouxe algumas imagens do trabalho que desenvolve e deu-nos uma revista e um lápis que ele desenhou.


Na sua profissão o Sr. Pedro pode desenhar as imagens que aparecem nas revistas, logótipos para empresas, para embalagens e para muitas mais coisas.


O seu principal instrumento de trabalho é o computador, pois é com ele que faz as montagens das imagens ou desenhos que cria.

Também foi através do computador que nos ensinou a trabalhar com o programa de PowerPoint.

Conseguimos criar duas páginas e inserimos uma imagem numa delas.

Foi uma tarde muito divertida.


Para a semana temos mais um pai a visitar-nos, mas contamos com a presença de muitos mais. Por isso, apareçam!